Tempo Perdido – Livro de Leah

Editora: Agir (2013) – Páginas: 361
ISBN: 9788522013272

Na série Tempo Perdido (Ediouro), Laura Malin releva, através das perspectivas masculina e feminina, os dois lados de uma história de amor, mostrando quão diferentes são as vivências de Joaquim e Leah. Apesar dos livros serem independentes, a combinação das narrativas enriquece a história com detalhes secretos e descobertas surpreendentes.

Em 1824, Leah é uma jovem de 17 anos, entusiasmada com a independência do Brasil e revoltada com um casamento arranjado em Lisboa. Quando seu navio para em Fernando de Noronha, apaixona-se pelo reparador naval Joaquim, 27 anos. Na última noite em que passam juntos, testemunham a queda de uma estrela que, misteriosamente, os faz imortais. Leah é obrigada pelo pai a seguir viagem. Descobre-se grávida e, após perder o bebê e as esperanças, foge pelo mundo. Atravessa, a cavalo, o sul da Europa, indo até Paris, onde se estabelece com António. Em Nova York de 1900, trabalha como costureira e engaja-se na luta pelos direitos das mulheres. Com Rachel, uma russa por quem se apaixona, vai para São Petersburgo participar da Revolução de 1917. Após viver um caso tórrido com Stalin e ser enviada a um gulag, muda-se para o Japão, onde se torna fotógrafa e se casa com Takuro. Logo vê sua vida destruída pela bomba atômica, em 1945. Recomeça em São Francisco, onde vira hippie, participa de Woodstock e cria uma filha, Nikka. A partir dos anos 90, transita entre a Argentina de Menem e a Angola pós-guerra civil. Sempre procurando por Joaquim em tudo e todos.

Em 2012, ao seguir seu instinto, finalmente reencontra Joaquim em Fernando de Noronha. Para poderem ficar juntos, os dois ainda têm que enfrentar memórias dolorosas e resgatar a confiança mútua.

Leia também Tempo perdido: Livro de Joaquim


 

Vídeos

Programa Sem Censura 04/17/2013